BALTAR – UM VERDADEIRO PIONEIRO EM CORRIDAS NO BRASIL

Por: Eleonora Mendonça e Paulo Cesar Teixeira

Diretores-fundadores da PRINTER, Promoções Internacionais.

A carreira do Baltar teve inicio quando na sua chegada ao Rio Janeiro encontrou dois caminhos que o levariam a tornar-se um dos melhores atletas de corridas de meia e longa distancia no Brasil – Fluminense Football Clube e Printer Promoções Internacionais. 

Nos anos 70  o Fluminense através do grande treinador, Fred Hochstatter, começou a formar atletas para eventos de meia distancia. Baltar sob a orientação do Fred e com apoio da equipe se despontou nas provas de 800 e 1.500 m. Nesta época a Printer começou a realizar corridas de rua aberta a todos – atletas federados, militares, adeptos do ‘cooper’, etc....   Baltar viu uma outra oportunidade de testar seu talento participando em provas de longa distancia como 10K, Meia Maratona e Maratona e foram nestas corridas de rua que ele se ‘encontrou’ como atleta.

Ele morava em frente a Printer na Rua das Laranjeiras e gostava de ir ao escritório para conversar sobre os eventos e as vezes ajudar nas preparações para as corridas.  Ele comentava que gostava de correr olhando a paisagem em volta e disputando com atletas a melhor colocação.   

Ele foi a primeiro atleta da equipe PRINTER e curtia as viagens que fazíamos como equipe para participar em corridas fora da cidade. Em várias ocasiões quando ele não podia participar de alguma corrida de rua porque estava perto de uma competição pelo clube, ele chegava na Printer triste e dizia, ‘Paulo essa eu não vou poder participar’.

 

Sentimos falta do seu companheirismo, de seu estilo único para correr, sempre elegante, com o tronco reto e a cabeça erguida observando tudo em volta.

Todas as fotos apresentadas pertencem ao acervo do Instituto Eleonora Mendonça, caso queira utilizar alguma das fotos entre em contato por e-mail

LISTAGEM DAS CORRIDAS DO ACERVO DA PRINTER/INSTITUTO ELEONORA MENDONÇA NAS QUAIS O JOSÉ BALTAR PARTICIPOU

  • II Corrida de Copacabana – 8 km - 8 de julho de 1979 - 4º lugar  - categoria 25 à 29 anos, com o tempo de 26 m  e 06 segs 2 décimos;

  • I Maratona Internacional do Rio de Janeiro – 42.2 km  - 29 de Julho de 1979 - 4º lugar na geral e 1º na categoria, com o tempo de 02 h 47 m e 30 segs;

  • I Corrida de  São Conrado - 10 km - 9 de setembro de 1979 - 2º lugar na geral com o tempo de 33 m 33 segs 5 décimos;

  • II Corrida Internacional Leblon-Leme - 8 km - 7 de Janeiro de 1980 - 9º lugar na geral e 1º brasileiro com o tempo de 26 m 19 segs;

  • I Corrida da Ilha do Governador – 12 km - 25 de Maio de 1980 – 1º lugar na geral com o tempo de 37 m 02 segs;

  • II Maratona Internacional do Rio de Janeiro – 42.2 km - 14 de Setembro de 1980 - 9º lugar na geral com tempo de 02 h 40 m e 05 segs e 3 décimos;

  • II Corrida de São Conrado – 10 km - 28 de setembro de 1980 - 4º lugar na geral e 1º na categoria 30 a 34 anos com o tempo  34 m 57 segs e 5 décimos;

  • III Corrida da Ilha do Governador - 12 km - 2 de Maio de 1982 - 2º na geral com o tempo de 37 m 05 seg e 9 décimos;

  • V Corrida Internacional Leblon-Leme – 8 km – 2 de Janeiro de 1983 – 1º lugar na geral com o tempo de 25 m 00 segs;

  • Corrida da Primavera – 7.8 km – 2 de Fevereiro de 1983 – 5º lugar na geral com o tempo de 23 m 01 segs;

  • II Corrida do Carrefour –  12.5 km  -  13 de Novembro de 1983  bi-campeão com o tempo de 40 m 16 segs e 1 décimo;

  • IV Corrida da Floresta da Tijuca – 5 km – 12 de Fevereiro de 1984 – 3º lugar na geral com o tempo de 15 m 38 segs;

  • II  Corrida Nova Iguaçu – 8 km -  25 de Abril de 1984  - 7º lugar na geral com o tempo de 24 m 14 segs e 2 décimos;

  • II Corrida das Academias – 8 km – 30 de Junho de 1984 – 1º lugar na geral com o tempo de 22 m 13 segs;

  • VI Corrida de São Conrado – 10 km – 16 de setembro de 1984 – 3º lugar na geral com o tempo 32 m 31 segs e 2 décimos;

Links externos:

Cearense recordista no atletismo morre aos 70 anos por Covid-19 - Jogada - Diário do Nordeste

José Baltar - Que fim levou? - Terceiro Tempo

Maratona do Rio e José Baltar: histórias inseparáveis! | Revista Contra-Relógio

Se você possuir algum material sobre o José Baltar e quiser compartilhar conosco é só entrar em contato

Desenvolvido por © Grupo Melza